terça-feira, 2 de dezembro de 2014

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Ideia para um filme


As mulheres de todos os continentes acordam estéreis.

A raça humana parece condenada a desaparecer.

O caos se espalha pelo planeta, até descobrirem que as africanas não foram atingidas pela doença, epidemia ou o que seja.

Governos e grandes corporações colocam em marcha um plano para aprisionar as mulheres africanas a fim de torná-las reprodutoras e garantir a sobrevivência da humanidade.

Máfias especializadas em sequestrar africanas e mantê-las em cativeiro com fins estritamente reprodutivos afloram pelo mundo.

Bom, ainda preciso pensar mais a respeito.

Minhas séries preferidas

Faz algum tempo que tenho assistido a muitas séries americanas no Netflix.

Minhas preferidas até agora, não necessariamente nesta ordem: Breaking Bad, Game of Thrones, Homeland, The Killing, American Horror Story, Sopranos, Curb your enthusiasm, House of Cards, Portlandia.

O Netflix está promovendo uma pequena revolução no mercado, ao bancar séries de primeiro nível para competir com canais como HBO e AMC.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Uma pílula de alegria

A dose de antidepressivo tomada logo cedo era a garantia de que conseguiria chegar ao fim do dia.

Era. Costumava ser.

Os períodos de tristeza ao longo do dia eram sentidos a intervalos cada vez mais curtos e duravam cada vez mais.

Angústia, ansiedade, desânimo.

Transtorno de humor, foi o que o médico diagnosticara.

Sim, mas e daí?

Cadê a pílula da alegria que fará desaparecer todos os problemas?

When she smiles

I love when get into her bedroom to wake her up and I find her sleeping deeply.

I touch her belly gently and say: "I love you, sweetheart!"

She smiles with her eyes closed and turn herself to the other side.

Then I whisper on her ear: "Dad loves you!"

She smiles again.

There's no better way of starting my day.

Um sorriso de olhos fechados

Gosto quando entro no quarto para acordá-la e a encontro mergulhada num sono profundo.

Às vezes coberta, muitas vezes descoberta e a penugem das perninhas arrepiada pelo frio da manhã.

Passo a mão com suavidade em sua barriguinha e digo: "Bom dia, meu amor!"

Ela se espreguiça, esboça um sorriso ainda com os olhinhos fechados e vira, cheia de preguiça infantil, para o outro lado.

Chego perto do ouvido dela e sussurro: "Papai te ama!"

Recebo outro sorriso de olhos fechados.

Não há jeito melhor de começar o dia.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Frases de L.

Diálogo acontecido no carro, a caminho de casa, entre mim e L., três anos e meio, sentada na cadeirinha no banco de trás.

L., olhando pela janela: - Papai, no meu dia de contar história eu preciso levar pirulitos, uma caixa, flores e uma fantasia.

Eu: - É mesmo, filha. E para quê tudo isso?

L., olhando pela janela - Não sei, mas é bom você já ir pensando sobre isso.

Cai o pano.